terça-feira, 28 de julho de 2009

Beleza escondida

Já fui à Paris, ao Egito, e até à lua
mas foi através da face tua que
me arrisquei numa aventura
em busca de um tesouro,
escondido
Não por mim nem por ti:
Por um artista divino

Para achar tal tesouro, não careço pista
pois descansa em ti o meu ser artista;
que descansa em ti o olhar e busca a tua beleza escondida.


E àqueles que preferem beleza fácil
em belo papel de presente hão de encontrar,
e nele escrito: cuidado! Frágil.



[ao meu Doce amor]
[.sentido por mim~ abraçado por Magalibélula.]

Nenhum comentário: