quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Sensível demais pra ser gente


"cheiro


Acordei.
Respirei fundo.
O cheiro amadeirado com flores e, de longe, vinho, aflorava minhas entranhas.
Era incomun. Inumano.
Ele acordou
Olhares, sorrisos recíprocos
Ainda deitado na cama.
Quebrado!
-O momento se quebra-
cheiro de cigarro
Olhei pra cara dele e falei:
-Você tira meleca, não gosta de grama e eu não confio em homem que fuma cigarros.
Ele falou:
-E você! Que ta ficando gorda.
Eu estremeci:
-vá...
E levantei o dedo do meio.
-Mesmo que você me implore de joelhos você nunca mais encosta em mim!
Acho que eu estava mentindo.
-Vou virar viado mesmo. Afinal, mulher é tudo filha da puta, ou sapatão, ou ambos.
-Se for pra ficar o dia todo ouvindo você falar merda, melhor virar sapatão mesmo.

Ele riu fofo e falou:
-Você é doida. Nem é tão ruim o fato de eu fumar. Eu fico sexy, ó.

Ri fofo e disse:
-Nossa! Meu deus do céu do perpétuo socorro. Ele fica sexy. Cê ta vendo?!

Eu fiquei calada, ele ficou sério. Ai falei:
-Na realidade, você tem que sair da minha vida mesmo por que você é burro. Acabamos de rir fofo, Caramba!


Burro não, insensível, ele falou.
Insensível é pior que burro, falei.”


Eu prefiro os burros, ou melhor, dizendo: Eu prefiro aqueles com falta de intelecto aos insensíveis, porque os com ausência de entendimento podem ser agraciados com o saber, já os insensíveis só Deus por eles, Deus por todos e a sabedoria por ser a grandeza da razão.

Eu é um outro e Magali Polida.

p.s: imagem: obe_dessa!

4 comentários:

silas disse...

Uau! o.o

solin disse...

hum..
há uma ponte considerável entre burro e insensível.

acho q prefiros os burros que não são insensíveis necessariamente.
já insensíveis são burros de por nascença ou opção.

burros na verdade, podem ser muito inteligentes, pois, se possuirem a pureza no coração, esta supera tudo.

solin disse...

se um pensamento é fruto de uma cabeça pensante, que por sua vez é fruto de um ser humano, então a sensibilidade contida no pensamento é também um pouco gente.

rs

Magali Polida de Lascada Silva disse...

haha
filósofa!