quinta-feira, 12 de novembro de 2009

i-movel


Metade de mim é Lili, a outra eu já li.

Metade de mim está fora de si

A outra, no espelho, às vezes ri.

Metade de mim está excitada e

Vive complicada

A outra é fria e parece uma santinha

Metade de mim é sacerdotisa

A outra nem na igreja pisa

Metade de mim está viva

A outra, esta parte retira.

Um comentário:

Solin disse...

metade, metade, metades...
Você inteira está produtiva.

Pisa e despisa, mas sempre aparece, numa tentativa corajosa de amenizar o que precisa.

Magali bela.

:)